Rádio Criciuma

Rádio Criciúma

Diretor do Procon estadual revela ser filho de ministro do STJ com a empregada.
Geral - 10/05/2020 - 19h25min

Florianópolis - Neste domingo (10), o ex-vereador de Florianópolis e diretor do Procon estadual, Tiago Silva, revelou ser filho do Ministro do STJ e ex-Desembargador, Jorge Mussi. Tiago fez postagem no Facebook dizendo que nunca havia falado sobre isso publicamente e que só recentemente teve direito à paternidade reconhecida, após longa batalha judicial.

“Fruto de uma relação do filho da patroa com a empregada, não tive o nome do pai no meu registro. Não tive sua presença, seu carinho, seu apoio, da infância a vida adulta. Isso nunca me impediu de trilhar o meu cominho e conquistar minhas vitórias.”, escreveu Tiago.

Mussi foi eleito no último dia cinco vice-presidente do STJ e ocupará também a corregedoria da Justiça Federal. A postagem do Tiago, intitulada “NÃO RECEBI O CONVITE”, começa com o desabafo “É com essa frase que tenho respondido as pessoas que me parabenizam pela nomeação do meu pai a vice presidência do Superior Tribunal de Justiça.”

Leia a homenagem de Tiago à sua mãe, falecida neste ano, e o desabafo por ter sido rejeitado pelo pai.

NÃO RECEBI O CONVITE
É com essa frase que tenho respondido as pessoas que me parabenizam pela nomeação do meu pai a vice presidência do Superior Tribunal de Justiça. Não recebi o convite para a posse. Fiquei sabendo da sua nomeação como todos os outros, pela imprensa. Nem todos sabem, mas sou filho do Ministro do STJ e ex Desembargador, Jorge Mussi. Nunca falei publicamente sobre isso. Mas recentemente, após uma longa batalha na justiça, tive o direito a paternidade reconhecida.

Fruto de uma relação do filho da patroa com a empregada, não tive o nome do pai no meu registro. Não tive sua presença, seu carinho, seu apoio, da infância a vida adulta. Isso nunca me impediu de trilhar o meu cominho e conquistar minhas vitórias. Lutei duras batalhas. Contra a desigualdade, o preconceito, a falta de oportunidades. A pobreza. O meu pai trilhou o seu também, formado em direito pela Universidade Federal de Santa Catarina e de família influente ingressou na magistratura como desembargador. Em dezembro de 2007, foi nomeado ao cargo de ministro do STJ e foi membro do Tribunal Superior Eleitoral. Assim como agora não fui convidado para nenhuma de suas posses. Ele se envergonha de ter um filho com a empregada doméstica. O que me leva a concluir que tal caminho de êxito e sucesso, como homem que aplica a lei, não o sensibilizou do meu direito, como filho de ter um pai. Mas a justiça só é justa quando feita com coração.

Em respeito a minha mãe, não tornei púbica essa luta. Não usei da visibilidade das minhas conquistas pessoais, como diretor do Procon municipal ou como vereador mais votado de Florianópolis em 2008, para tornar pública essa injustiça. Mas esse ano, a vida levou a minha mãe. Uma mulher guerreira que com ajuda da minha avó decidiu não brigar com o homem que era o pai do seu filho para ajudar a me criar. Desde muito jovem ela também precisou enfrentar inúmeras dificuldades. Entre elas a de criar um filho sozinha.

Mas eu, por decisão própria enfrentei, sozinho, uma intensa e turbulenta batalha na justiça. O meu pai, ministro Jorge Mussi, utilizou de toda a sua influência e aproveitando-se da morosidade dos processos judiciais do país para dificultar o reconhecimento de paternidade. A ponto de a rolar uma testemunha que morava nos Estados Unidos para ser ouvida. O que não impediu que a justiça fosse feita. Venci. Me tornei, nos documentos, Tiago Silva Mussi. Porém, muitas pessoas que acompanharam essa luta me questionam por que não assino usando o Mussi. Me sinto mais confortável sendo um Silva. Somos um país construído por Silvas. Muitos inclusive, sem pai, mas a maioria honestos e éticos.

Rádio Criciúma. Foto/edição: Reprodução da postagem do Tiago Silva.





Últimas notícias
03/06 - Saúde
Aplicativo auxilia servidor do judiciário catarinense a parar de fumar e a salvar a própria vida
02/06 - Geral
Em maio, Santa Catarina registra maior número de incêndios florestais em quatro anos
02/06 - Política
Celso de Mello rejeita pedido para apreender celular de Bolsonaro
01/06 - Saúde
Covid-19: Brasil chega a 526,4 mil casos e 29,9 mil mortes
01/06 - Política
Bolsonaro pede que apoiadores não saiam às ruas no próximo domingo
» Mais Notícias

home | notícias | artigos | colunistas | livro de visitas | vídeos
anuncie | aovivo | cadastre-se | galeria de fotos | cidades
classificados | quem toca aqui

Copyright © 2020. Todos os direitos Reservados

Classificados
O que você procura?
Webcam Ao vivo
imagem da webcamClique para ver ao vivo, imagens da nossa webcam.