Rádio Criciuma

Rádio Criciúma

Colunistas
 
Colunistas > Carla Giassi > Faça você mesmo e com seu filho junto - Boas maneiras para pequenos - Um pouco de humor - Ajuda para intolerantes - História da semana

UNIVERSO INFANTIL

05/04/2010
Faça você mesmo e com seu filho junto - Boas maneiras para pequenos - Um pouco de humor - Ajuda para intolerantes - História da semana

Faça você mesmo e com seu filho junto
Já “incentivei” outras vezes aqui, sobre fazer um brinquedo com as próprias mãos com seu filho. Isso realmente marca a infância. Meu pai fez pra mim uma caixa quando eu devia ter uns 5 ou 6 anos. Serrou a madeira, pregou tudo e depois desenhou junto comigo. Guardei, e acabei de dar pra minha filha explicando o que significava pra mim. Mas... hoje em dia são tantos brinquedos tecnológicos e interessantes, que os pais esquecem que este tipo de atitude tem grande valor na vida de uma criança. Se você, pai ou mãe, não tem a menor ideia do que fazer, o livro das irmãs Ellen e Julia Lupton, “Eu que fiz” (editora Cosacnaify), traz dezenas de ideias e projetos que podem ser feitos por pais e filhos. São 102 atividades, ilustradas e explicadas passo a passo, feitas por crianças. O livro incentiva a criação de objetos de maneira artística, utilizando materiais presentes no nosso dia-a-dia, ao invés do consumo. As autoras ensinam o bê-á-bá do design em projetos que utilizam desde um saquinho de catchup à confecção de padronagens com a ajuda de computador. O livro é indicado para pais e crianças, pedagogos e alunos. Se não achar em uma livraria, faça o pedido. Vale a pena e seu filho ficará feliz da vida.

Boas maneiras para pequenos
Se você acha que aulas de etiqueta são apenas para adultos, enganou-se. Em Nova Iorque há uma escola de boas maneiras para crianças de 3, 4 anos até a idade da adolescência. A escola de etiqueta ensina como se comportar no colégio, campos de futebol, festas de aniversário, teatro, cinema, restaurantes, na rua em geral, como agradar anfitriões e convidados, como sair ou entrar em elevadores, e muitas outras coisas interessantes. O negócio, bastante lucrativo, cria muita polêmica. Alguns acham exagero e cedo demais para tratar do assunto com uma criança de quatro anos, por exemplo. No entanto, há pais felizes da vida em transformar seus monstrinhos em príncipes. Uma das mães declarou que achou “agradável”. “Penso que as boas maneiras devem ser ensinadas em casa, mas algumas coisas são aleatórias e podem ser reforçadas por uma escola”, comentou. Já pensou se a moda pega por aqui? Não seria má ideia para alguns...

Um pouco de humor
Médico e escritor, Pedro Bloch ouvia diariamente pérolas de crianças. Resolveu anotar tudo e o resultado é o Dicionário de Humor Infantil, editora Ediouro. O livro não é tão recente assim, mas vale a leitura. Foram tantas anotações, que Bloch organizou tudo por assunto e ordem alfabética. Bloch publicava toda semana a coluna “Criança diz cada uma”, na antiga revista Manchete. O livro tem ilustrações de Mariana Massarani, autora de seis livros para crianças. Veja algumas das definições:
ADULTO - É uma pessoa que sabe tudo, mas quando não sabe diz logo: “veja na enciclopédia”.
BOCA - É a garagem da língua
CALCANHAR - É o queixo do pé
CHOCOLATE - É uma coisa que a gente nunca oferece aos amigos porque eles aceitam
COBRA - É um bicho que só tem rabo
FUTURO - É tudo que vem depois e, quando chega, já era
INFERNO - É um lugar onde a gente morre muito mais
PACIÊNCIA - É uma coisa que mamãe perde sempre
SANTO - Serve pra gente não ficar chateando Deus toda hora
SAUDADE - É quando uma pessoa que devia estar perto está longe
SONO - É saudade de dormir
SORTE - É a gente acordar, se preparar pra ir pra escola e descobrir que é feriado nacional
TRISTEZA - É uma criança com gesso no pé, sem assinatura
VEIAS - São raízes que aparecem no pescoço das meninas que gritam

Ajuda para intolerantes
Se você tem um filho alérgico ou intolerante, o site Sem Lactose pode ajudar. Lançamentos de produtos, receitas, informações de saúde e um pequeno fórum de pessoas com o mesmo problema que se ajudam e dão excelentes dicas. www.semlactose.com

História da semana
O João André lá de Brasília (DF) aparece mais uma vez na coluna. Também, ele sai com cada uma. Ele tem quatro anos, é filho da Daniela e do André e irmão dos gêmeos Arthur e Lucas de 5 meses (foto).
Eles foram a uma sorveteria e J.A. como é chamado, estava todo faceiro para tomar o sorvete. Daniela se dirigiu ao atendente e pediu:
- Pro João André uma bola de chocolate.
No que ele rapidamente respondeu bravo:
- EU NÃO QUERO BOLA! EU QUERO SORVETEEE!

Contato com a colunista: carlagiassi@yahoo.com.br
(O site Rádio Criciúma.com.br não se responsabiliza pela publicação de textos e/ou imagens assinados em "Colunistas" ou outras páginas do site, sendo seus titulares ou autores os únicos responsáveis)

 
   

home | notícias | artigos | colunistas | livro de visitas | vídeos
anuncie | aovivo | cadastre-se | galeria de fotos | cidades
classificados | quem toca aqui

Copyright © 2018. Todos os direitos Reservados

Classificados
O que você procura?
Webcam Ao vivo
imagem da webcamClique para ver ao vivo, imagens da nossa webcam.