Rádio Criciuma

Rádio Criciúma

Canais
Como escutar
Programação
Galeria de fotos
Guestbook
Notícias
Colunistas
André Abreu - EUA
Carla Giassi
Cris Freitas
Cristiano Forte
Dante Bragatto Neto
Dentro da Área
Dr Fernando Moreira
Dr. Vilson Schambeck
Maíra Rabassa
Mariana Trichêz Dalanholli
Néia Pavei - Itália
Nena Benedet Tautz
Rádio Criciúma Debate - em vídeo
Vinícius Valcanaia
Serviços
Vídeos
Chat
Classificados
Fale Conosco
Portal
Cadastre-se
Anuncie aqui
Contato
Twitter RádioCriciúma.com.br


Publique as notícias da Rádio Criciúma em seu site. É grátis!
Copie o código abaixo e cole no seu site:
Cidades da região
Cocal do Sul

Breve história
A colonização do município de Cocal do Sul começou em 1880, com a instalação das primeiras famílias de imigrantes italianos - Cechinel, Possani e Smânia - vindas da região do Vêneto. Sua emancipação de Urussanga aconteceu em 1991.
O inspetor de terras do Império em 1884, Accioly de Vasconcellos, é considerado o principal responsável pela criação do município. A partir de 1890, junto com novas famílias de italianos, chegaram grupos de poloneses que fugiam da Polônia ocupada.
Cocal do Sul mantém as tradições de seus antepassados e preserva a religiosidade. A Festa de Nossa Senhora da Natividade, padroeira do município, é realizada anualmente, em setembro. Em outubro acontece a Festa das Flores. Incluído no projeto Roteiros do Sul, da Santur, o município possui empreendimentos para explorar as belas cachoeiras, pesque-pague e suas tradições italianas, o que atrai mais turistas para a cidade.
No início, os colonos praticavam a agricultura de subsistência, com destaque para o fumo, café, feijão, cevada, milho, arroz e cana-de-açúcar. A maioria dessas culturas foi abandonada. Hoje resta apenas o cultivo do fumo como fonte econômica de expressão.
A primeira indústria de Cocal do Sul foi um moinho construído por Pauli Cechinel. Mais tarde surgiram os alambiques de cachaça, as serrarias e os engenhos de açúcar. O nome do município vem dos coqueirais às margens do rio por onde chegaram os primeiros colonizadores.
As principais fontes econômicas da cidade são a cerâmica de revestimentos, as culturas de fumo, milho e arroz, a criação de suínos e bovinos, e a extração de argila para a indústria cerâmica. No segmento cerâmico, a principal força está no Grupo Eliane, um dos maiores fabricantes de revestimentos cerâmicos do país, responsável por 90 por cento da arrecadação do município. .

Gestão 2005-2008
Prefeito: Jarvis Gaidzinski Filho (PP)
Vice-prefeito: Nilson Bortolatto (PSDB)

Características:
Data de fundação: 20 de setembro de 1991.
Datas festivas: setembro (aniversário da cidade, Festa da Padroeira Nossa Senhora da Natividade e Olimpíadas Interbairros) e outubro (Festa das Flores).
Principais atividades econômicas: indústrias de cerâmica e agropecuária.
População: 13.726 habitantes.
Colonização: italiana.
Principais etnias: italiana e polonesa.
Localização: Sul, na microrregião de Criciúma, a 203 km de Florianópolis.
Área: 79 km2.
Clima: mesotérmico úmido, com verão quente e temperatura média de 19,2°C.
Altitude: 58 metros.
Cidades próximas: Criciúma, Siderópolis, Urussanga, Treviso, Morro da Fumaça e Içara.



home | notícias | artigos | colunistas | livro de visitas | vídeos
anuncie | aovivo | cadastre-se | galeria de fotos | cidades
classificados | quem toca aqui

Copyright © 2018. Todos os direitos Reservados

Classificados
O que você procura?
Webcam Ao vivo
imagem da webcamClique para ver ao vivo, imagens da nossa webcam.